| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • Stop wasting time looking for files and revisions. Connect your Gmail, DriveDropbox, and Slack accounts and in less than 2 minutes, Dokkio will automatically organize all your file attachments. Learn more and claim your free account.

View
 

Como fazer uma Hemeroteca

Page history last edited by PBworks 12 years, 5 months ago

Como fazer uma Hemeroteca?

 

 

Projeto CENP: "HEMEROTECA DO DOM JOSÉ"

 

 

 

 

Escola Estadual

 

"Dom José de Camargo Barros"

 

 

apmeedomjose@uol.com.br

 

 

 

Indaiatuba - SP

 

 

Diretor: Edson Luis de Oliveira Serva

 

 

Vice-Diretora: Elisa Mareco

 

 

Vice-Diretora: Gislaine

 

 

Coordenadoras: Elisa e Marli

 

 

 

 

DEFINIÇÃO:

 

 

 

 

 

Hemeroteca (grego) 

 

 

setor das bibliotecas onde se encontram coleções de jornais, revistas, periódicos e obras em série

 

Portanto, significa uma coleção, sobre um tema específico, ou seja, de recortes, fragmentos de jornais e revistas.

 

 

 

 

 

COMO FAZER?

 

 

 

 

em papel sulfite reciclado (fornecido pelo Professor),

 

utilizando cola, tesouras, pastas suspensas, grampeador fornecidos pelo professor,

 

Fonte: arial, 12;

 

Nome dos jornais e revistas, negrito, se for manuscrito, deve ser sublinhado;

 

margens superior e esquerda: 3 cm; margens direita e inferior: 2 cm;

 

Parágrafo à esquerda;

 

Você pode utilizar os computadores para Sala ambiente de informática para imprimir o modelo em anexo;

 

ProjetoHEMEROTECAMOD.doc 

 

Seção 1: Escolha do artigo jornalístico ou da revista

 

 

 

 

Aluno escolhe matéria no Jornal Folha de são Paulo (créditos de todas as fotos G. G. Filho)

 

 

 

  • Você deve escolher um artigo jornalístico ou de revista (FSP, Veja, Carta Capital) disponíveis na Escola.

 

 

 

 

Aluna faz uma leitura textual (primeira leitura)  do artigo do Jornal Folha de São Paulo, para produzir sua Hemeroteca.

 

  • Deve fazer uma primeira leitura do artigo

 

 

 

Aluna realiza seu glossário e ou vocabulário utilizando dicionário na Sala Ambiente de Informática,

 

abaixo de onde será colocado o artigo (recorte) jornalístico.

 

  • construir um glossário ou vocabulário (parte do verso final) , utilizando o dicionário disponível na SAI.

 

 

 

Seção 2: Verificação do artigo conforme regra da ABNT

 

 

  • Fazer a referência bibliográfica conforme as regras da ABNT
     
     

 

Aluna verifica página do pbwiki.com com orientações para realizar a Hemeroteca.

 

  • Para realizar a referência considerar as regras específicas da ABNT para jornal e revista:

 

 

 

 

Aluna verifica na página do pbwiki.com a norma da ABNT 6023 para realização da Hemeroteca.

 

 

 

Jornal:

 

 

 

 

 

 

7.5.5 Artigo e/ou matéria de jornal

Inclui comunicações, editorial, entrevistas, recensões, reportagens, resenhas e outros.

 

 

7.5.5.1

Os elementos essenciais são: autor(es) (se houver), título, título do jornal, local de publicação, data de publicação, seção, caderno ou parte do jornal e a paginação correspondente. Quando não houver seção, caderno ou parte, a paginação do artigo ou matéria precede a data. 

 

Exemplos:

COSTURA x P.U.R. Aldus, São Paulo, ano 1, n. 1, nov. 1997. Encarte técnico, p. 8.

 

 

NAVES, P. Lagos andinos dão banho de beleza. Folha de S. Paulo,São Paulo, 28 jun. 1999. Folha Turismo, Caderno 8, p. 13.

 

LEAL, L. N. MP fiscaliza com autonomia total. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, p. 3, 25 abr. 1999.

 

7.5.5.2

 

Exemplo:

 

PAIVA, Anabela. Trincheira musical: músico dá lições de cidadania em forma de samba para crianças e adolescentes. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, p. 2, 12 jan. 2002.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Aluna verifica o jornal e reflete qual das regras da ABNT é a mais adequada para o artigo escolhido.

 

 

Revista:

 

 

 

7.5.3 Artigo e/ou matéria de revista, boletim etc.

Inclui partes de publicações periódicas (volumes, fascículos, números especiais e suplementos, com título próprio),

comunicações, editorial, entrevistas, recensões, reportagens, resenhas e outros.

 

 

 

 

7.5.3.1

 

Os elementos essenciais são: autor(es), título da parte, artigo ou matéria, título da publicação, local de publicação,numeração correspondente ao volume e/ou ano, fascículo ou número, paginação inicial e final, quando se tratar de artigo ou matéria, data ou intervalo de publicação e particularidades que identificam a parte (se houver).

 

 

Exemplos: AS 500 maiores empresas do Brasil. Conjuntura Econômica, Rio de

Janeiro, v. 38, n. 9, set. 1984. Edição especial.

 

MÃO-DE-OBRA e previdência. Pesquisa Nacional por Amostra de, Rio de Janeiro; v. 7, 1983. Suplemento.

Domicílios

 

COSTA, V. R. À margem da lei.

 

GURGEL, C. Reforma do Estado e segurança pública.

 

TOURINHO NETO, F. C. Dano ambiental.

 

MANSILLA, H. C. F. La controversia entre universalismo y particularismo en la filosofia de la cultura.

Em Pauta, Rio de Janeiro, n. 12, p. 131-148, 1998.Política e Administração, Rio de Janeiro, v. 3, n. 2, p. 15-21, set. 1997.Consulex, Brasília, DF, ano 1, n. 1, p. 18-23, fev. 1997.

de Filosofia,

 

SEKEFF, Gisela. O emprego dos sonhos.

Buenos Aires, v. 24, n. 2, primavera 1998.Domingo, Rio de Janeiro, ano 26, n. 1344, p. 30-36, 3 fev. 2002.

 

7.5.3.2

Quando necessário, acrescentam-se elementos complementares à referência para melhor identificar o documento.  

 

Exemplo:

 

COSTA, V. R. À margem da lei: o Programa Comunidade Solidária.

Em Pauta : revista da Faculdade de Serviço Social da UERJ, Rio de Janeiro, n. 12, p. 131-148, 1998.

 

 

 

Seção 3: Recorte do artigo e colagem

 

 

 

 

 

Aluna recorta o artigo jornalístico com todo o cuidado.

 

  • Recorte o artigo, tendo como critério não desperdiçar artigos e estragar com o recorte outros artigos que possam ainda ser utilizados

 

 

 

 

 

Aluna dobra o jornal e o recorta para realizar a sua tarefa mais facilmente.

 

  • Se for necessário, dobre o artigo da esquerda para a direita, de baixo para cima, para sua melhor adequação

 

 

 

 

 

Aluna cola o artigo jornalístico, logo abaixo da identificação e  da referência bilbiográfica e acima de

seu glossário, ou vocabulário (artigo no meio da folha)

 

 

  • Utilize comedidamente cola para não estragar o artigo.

 

 

 

 

 

 

Aluna escreve os itens de identificação na parte superior e referência bilbiográfica e na paqrte inferior o vocabulário e ou  glossário

 

 

  • Na parte superior devem conter informações de identificação: Nome, número, série e escola, com o indicativo do nome do projeto, logo a seguir a referência bibliográfica, na parte central da folha, o recorte do jornal ou revista,  e na parte inferior: o vocabulário, glossário.

 

 

Seção 4: Reflexão sobre o artigo

 

 

 

 

 

 

 

Auna escreve no verso de sua folha, as reflexões e ou comentários que o artigo lhe propôs, após leitura detida do mesmo.

 

 

  • No verso da folha, escreva um comentário, reflexão, (com excecão de orientações específicas do professor)  de no mínimo dez linhas.

.

 

 

Seção 5: Entrega do material ao professor

 

 

 

 

 

Aluna entrega Hemeroteca pronta ao professor na data determinada

 

 

  • Entregue ao professor na data anunciada ou divulgada...

 

 

  • Dúvidas: conversar com o professor antes da data de entrega.

 

 

 

 

 

 

Alunos na hora do intervalo tomam contato com jornal e revista do projeto HEMEROTECA.

 

 

 

 

Alunos na hora do intervalo tomam contato com jornal e revista do projeto HEMEROTECA

 

 

 

 

 

Professores também incentivam os alunos, com sua prática cotidiana, na SAI, para o bom hábito da leitura.

 

Veja algumas fotos dos alunos desenvolvendo o projeto (abaixo):

 

 

bubbleshare errorPlugin error: That plugin is not available.  

 

Resultados da Avaliação realizada com os alunos a respeito do Projeto:

 

 

 

hemerotecagentil.xls

 

 

 

O projeto terá continuidade no ano de 2008, segundo a aprovação da coordenação da CENP/SEE-SP.

 

Agradecimentos:

 

Dirigente Profa. Zilma Gomes Santana

Supervisoras: profas. Cristina Mabelini e Rita Trasferetti.

 

Em especial ao Diretor da UE: Prof. Edson de Oliveira Serva, incentivador das boas práticas educacionais, assessorado pelas Vice-diretoras, profas. Elisa Mareco e Elisa Mora.

 

 

GENTIL GONÇALES FILHO

Professor de Filosofia

 

Indaiatuba, 17 mar.2008

 

 

 

Comments (0)

You don't have permission to comment on this page.